Artigos, Life style

O tempo gasto no decorrer da vida

16/03/2015

Já ouviu dizer que gastamos cerca de 70% de nosso tempo no trabalho?
Pesquisei a respeito. Os dados são incríveis e interessantes para qualquer pessoa: 

  • Segundo o site ask.com, gastamos em média de 25 à 30 anos trabalhando.
  • O site distractify, aponta que um executivo de escritório passa cerca de 5 anos de sua vida sentado em uma mesa, e 2 anos sentado em reuniões.
  • Passamos 90% de nossas vidas em ambientes fechados.
  • Em uma pesquisa da Business insider, 25% dos funcionários ouvidos apontam o trabalho como a principal fonte de stress. E 40% disseram ter profissões muito ou extremamente estressantes.
  • Mais de 13 milhões de horas de trabalho são perdidas por problemas de saúde relacionados ao stress.
  • Segundo a Counselor Magazine, 10.000 trabalhadores no Japão, literalmente “caem mortos” em suas mesas como resultado de 60 a 70 horas semanais de trabalho! De tão comum o Fenômeno tem até nome: “Karoshi”.
  • 70 % de nossa vidas quando estamos acordados, perdemos em frente as mídias digitais.
  • Gastamos 26 anos dormindo.
  • As mulheres gastam em média 17 anos de sua vida tentando perder peso.
  • Os homens gastam 9 horas e 18 segundos tendo orgasmos e as mulheres 1 hora e 24 minutos.

Estes dados me levam a crer que passamos pouquíssimo tempo fazendo coisas que realmente gostamos, como conhecer novos lugares, provar novos tipos de sabores, conhecer pessoas interessantes, festejar em lugares diferentes. Fazer aquela tatuagem épica ou mesmo tomar uma cerveja típica na companhia de pessoas queridas. Apreciar uma boa música ao vivo ou uma vista incrível de frente para o mar. Escalar uma montanha. Enfim, o tempo hoje é sem dúvida nosso maior e mais precioso ativo.

E o que fazer então, para aproveitar melhor este tesouro que se tornou o tempo?
Se pudesse dar uma dica, seria esta: Seja mais criterioso com os lugares que frequenta. Pois, quando nos deslocamos a um estabelecimento por exemplo, além de nosso tempo, gastamos também energia, expectativas e dinheiro.
Este último conquistado a duras penas, como vimos nas pesquisas apresentadas.

A tecnologia pode nos ajudar e muito nesta tarefa. Utilizando aplicativos (ou apps) que otimizam tarefas como por exemplo a de escolher novos lugares para frequentar no tempo livre. Existem vários aplicativos para esta finalidade, cada qual com seu diferencial. Mas pela simplicidade e economia de tempo para achar lugares, eu indico o Consume. Pode ser acessado via site ou aplicativo para Android.

No Consume, as avaliações são baseadas em hashtags e gráficos de desempenho sobre 3 critérios: Atendimento, preço e produto dos estabelecimento. Estão reunidos também milhares de “lifestylers” (pessoas como eu e você que buscam e frequentam lugares diferenciados).
Os Lifestylers indicam e avaliam locais que foram pré-selecionados por uma curadoria do Consume. São milhares de estabelecimentos em mais de 10 países recheados de restaurantes, pubs, hotéis, hostels, docerias, lojas de tatuagem, food trucks e diversas outras categorias com foco no lazer e qualidade de vida. Seja também um “lifestyler” e comece a valorizar seu tempo com o Consume: http://appconsu.me.

Por José Jarbas CEO do Consume.

Spread the love

1 thought on “O tempo gasto no decorrer da vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *